-->

Metas

quarta-feira, 13 de abril de 2011

DESCOBERTAS A PRENDENDO COM LUCÍLIA DINIZ

D E S C O B E R T A S

Coisa boa na vida? Resposta: Descobrir algo, descobrir pessoas, descobrir lugares, descobrir novidades próximas e nunca percebidas, descobrir os segredos do mundo. Ter olhos novos para o novo, não se retrair perante fatos reveladores, manter os sete buracos da cabeça sempre prontos para conhecer novidades.

Sempre me senti uma mulher destemida, pronta a olhar pelas frestas em busca do desconhecido, a desejar situações que parecem misteriosas, a subir no sótão só para fuçar objetos perdidos no tempo. Tudo isso parece me completar de modo misterioso, como se as descobertas de cada dia fossem condições essenciais para a vida fluir.
Muitas vezes me pego distraída, mirando alguma coisa minúscula e tão repleta de pequenos segredos.
Talvez por pensar assim, evito pessoas acomodadas. Não gosto de quem pouco se importa com a cor da asa da borboleta que acabou de passar, ou com quem não fica curioso perante ruídos inexplicáveis ouvidos na madrugada.

Tudo pode ser fascinante, tudo tem interpretações múltiplas, tudo ensina, tudo revela. Então como não gostar de ser um descobridor 24 horas ao dia?
Tem gente que leva a existência como se estivesse eternamente em uma cadeira de balanço, permitindo ao  marasmo invadir a mente como um maremoto. Outros se submetem à repetição mecânica das situações, por medo de ousar, por receio de dar saltos, por temor de apostar na descoberta. Alguns esperam que as oportunidades despenquem do teto ou que os lampejos da sorte enviem aviso de chegada.


Há enorme diferença entre ser prudente e ser acomodado.
A prudência até que pode ser um componente
posterior das descobertas, quando se chega a um ponto que nos faz pensar se vale mesmo continuar avançando.
Para se estar aberto a descobrir novidades, é preciso ter noção de atuar como em um jogo: perde-se, ganha-se, empata-se, recua-se, avança-se, desiste-se. O mais importante é saber que, sob qualquer circunstância, o resultado
que as descobertas trazem será produtivo, fará refletir, trará impulsos mentais, reavaliará métodos, proporcionará novas interpretações sobre a vida.


Então, mãos à obra. Entre no jogo das descobertas: puxe aquele assunto que deseja conversar com alguém especial, siga a trilha de João e Maria, assista um programa naquele canal que nunca chamou a sua atenção, ouça conversas de pessoas desconhecidas, abra na página 207 daquele livro e leia a terceira frase, converse com alguém diferente pelo menos uma vez ao dia, jogue-se de férias em destinos absolutamente desconhecidos, prove receitas culinárias ousadas, ouça o CD daquele artista estranho, espie de vez em quando pelo buraco da fechadura, roube um beijo, envie mensagens surpreendentes a um amigo, visite um museu, abrace quem nunca foi abraçado, colecione fotos de girafas, aprenda a dançar ritmos difíceis, cheire flores exóticas, brinque de fantasma com os sobrinhos,conquiste alguém especial, cultive um cacto raro, aprenda canto, olhe a paisagem de binóculos, assista um filme da Nova Zelândia, abra um champanhe no café da manhã do próximo domingo, abra a janela, abra o sorriso, abra o coração, abra a mente, abra-se para o universo.

Esse texto foi tirado do livro que li e aprendi mais um pouco com a maravilhosa Lucília Diniz (Frente e Verso).Sempre que fico muito pensativa releio. Estou dividindo com vocês espero que ajudem como me ajudou.



 


6 comentários:

Lidia disse...

Amigaa..tá lindaaa nas fotos..Adoreii!!!!
Bjokassss

Maria disse...

Bom dia querida amiga!

vc além de linda esta radiante!

este livro da Lucilia é muito bom!

bjos e uma quarta cheinha de benções na sua caminhada!

Rosangela disse...

BOM DIA QUERIDA
VC ESTA LINDA
OBRIGADO PELA FORÇA VIU
BJS

Madre Madalena da Santíssima R.A. disse...

Querida Alma Magra em Cristo
Que texto lindo! E como você está linda nas fotos! Parabéns!
Santo ósculo em seu coração!

★$ Naиđ♂ N£яi $★ disse...

Olá Amiga
O texto da Lucília é lindo demais e você ficou perfeita como ilustração dessas palavras. Se não tivesse colocado os devidos créditos iria acreditar que o texto é de sua autoria, pois suas lindas fotos combinaram e deram uma grande valorização a essas palavras.
E com todo o respeito, pena que você é casada, rs...
Beijo no coração!
P.S.: Sorte do Maridão!

Soraya disse...

Olá! Vim te conhecer. Vi seu comentário no blog do Nando e fiquei curiosa...hahaha
Adorei sua energia. Já estou te seguindo.
Um bjo!

Related Posts with Thumbnails